Voltar à página principal

Organização Municipal

 

   
   


Vila da Ponte
pertenceu ao antigo alfoz de Sernancelhe; primitivamente chamou-se-lhe simplesmente «Ponte» e «Ponte do Távora» ou «Ponte Távora», como é designado nos documentos antigos. 
No reinado de D. Pedro I ainda assim era conhecida porque então lhe faltava a categoria de Vila. D. Dinis deu-a ao Bispo de Lamego  D. João em 1292, e esta doação foi confirmada em 1336 por D. Afonso IV, sendo Bispo então D. Salvador ou Salvador Martins. Mais tarde, os bispos de Lamego desistiram a favor da coroa dos direitos que tinham sobre muitas terras, e assim a Ponte passou para o rei.
 D. Afonso VI em 16 de Maio de 1661 elevou-a a cabeça de condado, fazendo seu titular, de juro e herdade, a Francisco Melo Torres que lhe deu foros de Vila. A sua autonomia durou até 1855, ano em que foi extinta e encorporada no concelho de Sernancelhe.

 

 




 


casa-da-cadeia-1.JPG (10710 bytes)

Casa da Cadeia - Antiga Casa da Câmara

 

 

casa-da-cadeia-2.JPG (7901 bytes)

Antiga Casa da Câmara e Pelourinho

 
 

Voltar à página principal